Av. Dr. Ricardo Jafet, 475 | Ipiranga - São Paulo - SP | Cep: 04260-020 | Tel:(11) 2914-4079

PERGUNTAS FREQUENTES



QUANTO DURA UM ESCAPAMENTO?
A média é de 18 meses para as peças de boa qualidade. Porém, devido aos inúmeros fatores que influenciam no desgaste, esse prazo pode variar bastante.


PORQUE O ESCAPAMENTO ESTRAGA?
O escapamento é um item consumível, assim como os pneus ou os filtros de ar e combustível. Sua vida útil está bastante relacionada com a qualidade do combustível utilizado e com a frequência de uso do veículo. Quanto maior o uso, maior a duração das peças.


ESCAPAMENTO FURADO FAZ AUMENTAR O CONSUMO DE COMBUSTÍVEL?
Sim. Os furos aumentam a velocidade de vazão dos gases de escape, o que diminui a temperatura do sistema. Ao ler essa temperatura mais baixa, a central de controle da injeção aciona um tipo de “afogador”, mantendo o giro mais alto e consequentemente consumindo mais combustível. Ou seja, dependendo do quanto se roda, o valor gasto à mais em combustível por um escapamento furado poderá ser maior que o investimento em um escapamento novo em bem pouco tempo.


PORQUE ALGUMAS VEZES SAI ÁGUA DO ESCAPAMENTO?
Uma das possibilidades é de que o combustível usado seja de qualidade duvidosa. Como a água e alguns outros produtos misturados ao combustível nos casos de fraude não “queimam” durante o uso, eles acabam sendo expelidos da câmara de combustão, indo parar no sistema de escape.


QUAL O DESTINO DADO ÁS PEÇAS DEFEITUOSAS TROCADAS?
São doadas aos agentes de reciclagem, que as levam aos centros de reciclagem, onde são derretidas para serem reaproveitadas, em um processo que visa a economia dos recursos naturais e proteção ao meio ambiente.


MEU CARRO EMITE UM ODOR DESAGRADÁVEL PELO ESCAPAMENTO. PRECISO TROCAR O CATALISADOR?
Provavelmente não. Esse odor é proveniente das reações químicas que acontecem no interior do catalisador, e indicam algum problema na relação da mistura ar/combustível. Normalmente uma boa regulagem resolve o problema.


QUAL A DIFERENÇA ENTRE ORIGINAL DE REPOSIÇÃO, PARALELO E GENUÍNO?
Genuíno se refere às peças originais de montadora que equipam o veículo ao sair da fábrica. Podem ser encontradas exclusivamente nas concessionárias. Sua média de duração é de cerca de 5 anos, porém seus preços costumam ser bastante elevados. Os originais de reposição são peças de estrutura interna e aparência similares às genuínas, porém sua durabilidade costuma ser menor, cerca de 2 anos em média. São as mais comuns no mercado e seu preço mais acessível. Já os paralelos são peças que buscam fazer o mesmo efeito das originais, porém com outro formato e aparência, com o intuito de ser uma opção ainda mais barata que os originais de reposição.